Ecoflex

Um marco sustentável na produção de asfalto no Brasil

O desenvolvimento do Ecoflex, pela Greca Asfaltos, impactou diretamente no conceito de sustentabilidade na infraestrutura rodoviária do país, ao proporcionar um asfalto com maior vida útil e durabilidade, utilizando pneus inservíveis.

Em 2001, após vários estudos e pesquisas para incorporar o pneu granulado na composição do revestimento asfáltico, nasceu o Ecoflex com a ambição de reduzir a quantidade de recursos não renováveis utilizados e oriundos da cadeia do petróleo, como o material betuminoso.

Solução escalável para um país essencialmente rodoviário

Sendo a matriz de transporte brasileira preponderantemente rodoviária, o desenvolvimento de um Ligante-aglutinante para ser utilizado nos revestimentos asfálticos, que apresente maior performance e durabilidade, e ainda que se utilize de borracha moída de pneus, vem gerando uma sinergia significativa. Os impactos positivos vão desde a destinação adequada dos pneus para a produção de pó de borracha até os consumidores finais, usuários de arruamentos e rodovias.

Ecoflex promoveu grande inovação na cadeia reversa dos pneus ao destinar corretamente as unidades inservíveis que seriam lançadas no ambiente, contribuindo para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis da ONU.

Números expressivos

17,5

milhões

pneus utilizados

pneus inservíveis já reciclados
pela GRECA ASFALTOS.

1,7

milhão

de pneus

ao ano ainda são destinados
indevidamente no Brasil.

600

anos

é o tempo médio de degradação dos pneus no meio ambiente

Sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU

O Ecoflex vem contribuindo para o alcance de vários ODS da Agenda 2030, esforço compartilhado entre governos, empresa e demais partes interessadas em prol da preservação da vida no planeta Terra, com foco em sustentabilidade e redução das desigualdades aociais. Confira todos os ODS relacionados.

ODS 9

Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação

9.4 Até 2030, modernizar a infraestrutura e reabilitar as indústrias para torná-las sustentáveis, com eficiência aumentada no uso de recursos e maior adoção de tecnologias e processos industriais limpos e ambientalmente corretos; com todos os países atuando de acordo com suas respectivas capacidades.

ODS 11

Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis

11.6 Até 2030, reduzir o impacto ambiental negativo per capita das cidades, inclusive prestando especial atenção à qualidade do ar, gestão de resíduos municipais e outros.

11.6.1 Proporção de resíduos sólidos urbanos regularmente coletados e com destino final adequado no total de resíduos sólidos urbanos gerados, por cidades. (IPEA, 2018)

A gestão de resíduos sólidos municipais é um desafio relevante para as cidades e, infelizmente, o descarte inadequado de pneus é uma realidade. Segundo o Relatório de Pneumáticos do IBAMA, ainda 2,76% dos pneus inservíveis, ou aproximadamente 1,7 milhões de unidades, foram destinados indevidamente no Brasil, em 2019. Os pneus destinados em lixões ou aterro causam um impacto ambiental negativo, pois conforme descrito, o tempo médio de degradação dos pneus é da ordem de 600 anos (IBAMA, 2020).

ODS 12

Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis

12.2 Até 2030, alcançar a gestão sustentável e o uso eficiente dos recursos naturais

12.2.1 Pegada material, pegada material per capita, e pegada material por unidade do PIB” (IPEA, 2018)

12.5 Até 2030, reduzir substancialmente a geração de resíduos por meio da prevenção, redução, reciclagem e reuso. (IPEA, 2018)

12.5.1 Taxa de reciclagem nacional, toneladas de material reciclado. (IPEA, 2018)

Trazendo como indicador a pegada ecológica, constata-se que a utilização de pneus inservíveis no Ecoflex contribui para o uso eficiente dos recursos naturais ao incorporar como parte de sua matéria-prima o pneu granulado. Uma das técnicas utilizadas para permitir a reinserção dos pneus na cadeia de valor é a granulação que respondeu pelo volume de 110.878 toneladas no ano de 2019, sendo que desse volume aproximadamente 9,4% ou 16.079 toneladas foram consumidas na produção do Ecoflex (IBAMA, 2020).

ODS 13

Tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos 

13.3 Melhorar a educação, aumentar a conscientização e a capacidade humana e institucional sobre mitigação, adaptação, redução de impacto e alerta precoce da mudança do clima.

A GRECA ASFALTOS tem realizado investimentos na pesquisa, desenvolvimento e inovação no Ecoflex ao longo dos mais de 20 anos do produto. O trabalho desenvolvido junto aos colaboradores e a ação de produção científica por meio de convênios realizados com centros de pesquisa, desenvolvimento de tecnologia nacional capaz de responder aos problemas de escala mundial e produção de documentos institucionais tem contribuído para a divulgação de ações concretas ao alcance de metas como a da ODS 13.

ODS 14

Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável

14.1 Até 2025, prevenir e reduzir significativamente a poluição marinha de todos os tipos, especialmente a advinda de atividades terrestres, incluindo detritos marinhos e a poluição por nutrientes.

A atuação institucional da GRECA ASFALTOS quanto a criação de alternativa para a utilização de pneus inservíveis, contribui na tomada de consciência de se efetuar um correto descarte de materiais que poderiam acabar sendo lançados em rios, mares e regiões costeiras com impacto direto na natureza.

ODS 15

Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda

15.1 Até 2020, assegurar a conservação, recuperação e uso sustentável de ecossistemas terrestres e de água doce interiores e seus serviços, em especial florestas, zonas úmidas, montanhas e terras áridas, em conformidade com as obrigações decorrentes dos acordos internacionais.

A contribuição da GRECA ASFALTOS em relação a esta meta está na sua preocupação materializada por meio de sua Reserva Ambiental Greca, em Araucária (PR), área de preservação permanente.

Este website utiliza cookies e tecnologias semelhantes que nos ajudam a fornecer melhor experiência e navegação. Ao clicar no botão “ACEITAR” ou continuar a navegar em nosso site, você está ciente e concorda com o uso de cookies.​